BlogGoogle SEOOtimização de URL: Melhores práticas para criar URLs amigáveis aos motores de busca

Otimização de URL: Melhores práticas para criar URLs amigáveis aos motores de busca

Quando se trata de otimização de mecanismos de busca (SEO), muitas vezes nos concentramos em elementos como palavras-chave, conteúdo de qualidade e construção de links. No entanto, um aspecto frequentemente negligenciado, mas igualmente importante, é a otimização de URLs. 

As URLs desempenham um papel fundamental na visibilidade do seu site nos motores de busca e na experiência do usuário. Neste artigo, vamos explorar as melhores práticas para criar URLs amigáveis aos motores de busca, garantindo que seu conteúdo seja facilmente acessível e classificado de forma mais eficiente. Acompanhe a leitura!

1. Mantenha as URLs simples e descritivas

Uma das melhores práticas para otimizar URLs é mantê-las simples e descritivas. URLs curtas e relevantes são mais fáceis de lembrar e compartilhar. Além disso, motores de busca como o Google preferem URLs claras e informativas. Por exemplo, em vez de usar uma URL como “www.exemplo.com/p=12345”, é mais benéfico ter uma URL como “www.exemplo.com/dicas-otimizacao-url”.

Ao criar URLs descritivas, tente incluir palavras-chave relevantes que descrevam claramente o conteúdo da página. No entanto, evite o uso excessivo de palavras-chave ou tornar as URLs muito longas. 

O equilíbrio é fundamental. Por exemplo, se o conteúdo da página for sobre aluguel de gerador de energia, uma URL adequada poderia ser:

  • “www.exemplo.com/aluguel-gerador-energia” em vez de algo como:
  • “www.exemplo.com/servicos-aluguel-gerador-energia-emergencial-24h”. 

Essa abordagem concisa e informativa beneficia tanto os usuários quanto os motores de busca, facilitando o acesso ao conteúdo relevante sobre o serviço de aluguel de gerador de energia.

2. Use hífens para separar as palavras:

Ao criar URLs para produtos em um site de vendas, como uma loja de utensílios de cozinha, é importante seguir as práticas recomendadas para otimização de URL. Por exemplo, se você estiver apresentando um conjunto de cubas duplas em aço inoxidável, é aconselhável usar hífens (“-“) para separar as palavras na URL. 

Então, em vez de utilizar underscores (“_”) ou outros caracteres, opte por algo como “www.exemplo.com/cubas-duplas-inox“. Essa abordagem melhora a legibilidade da URL, tornando-a mais clara e fácil de entender para os visitantes do site.

Ao seguir esse padrão, os motores de busca conseguirão interpretar os termos individualmente, destacando a relevância do conteúdo da página em relação às pesquisas dos usuários. Isso pode ajudar a melhorar a classificação nos resultados de pesquisa, aumentando a visibilidade do produto e, consequentemente, as chances de conversão.

Outro ponto importante a se considerar é que, ao compartilhar essas URLs em plataformas sociais ou por meio de e-mails, é necessário estar ciente de que os buscadores podem converter automaticamente os hífens em espaços. Isso pode afetar a experiência do usuário, pois a URL pode ficar ilegível e menos amigável. 

Portanto, é essencial garantir que os hífens permaneçam intactos durante o compartilhamento para preservar a qualidade da experiência do usuário e manter a coerência na apresentação do conteúdo.

3. Evite parâmetros desnecessários

Parâmetros desnecessários em uma URL podem prejudicar a otimização do mecanismo de busca. Esses parâmetros geralmente são identificados por caracteres como “?” e “&” seguidos de códigos alfanuméricos. 

Embora às vezes sejam necessários para rastrear campanhas de marketing ou rastrear atividades específicas, em muitos casos, podem ser evitados. Urls com parâmetros excessivos podem confundir os motores de busca, resultando em uma classificação mais baixa para as páginas relevantes. Portanto, sempre que possível, remova parâmetros desnecessários das suas URLs.

4. Crie uma estrutura hierárquica

Outro aspecto importante é considerar a usabilidade do site, tornando-o mais atraente e intuitivo para os visitantes. Um bom exemplo é incluir imagens dos produtos em suas páginas de categorias, como “www.exemplo.com/roupas/feminino/vestidos”, apresentando os modelos disponíveis de forma clara e atraente.

Imagine que, ao acessar essa página específica, os usuários possam visualizar uma galeria de vestidos femininos, apresentados de forma organizada em caixas suspensas, cada uma contendo uma imagem do vestido e suas informações relevantes. Essas caixas seriam como “box de vidro”, permitindo uma visão nítida e detalhada de cada produto.

Além disso, ao clicar em um dos vestidos, o usuário seria direcionado a uma página individual com detalhes mais completos sobre o produto selecionado, mantendo a hierarquia e organização das URLs.

Lembrando sempre que, para obter sucesso em seu comércio eletrônico, é fundamental combinar uma estrutura de URL inteligente e hierárquica com um design atraente e intuitivo, proporcionando aos visitantes uma navegação fácil e eficiente. Isso contribui para aprimorar a experiência do usuário e impulsionar as classificações nos motores de busca, aumentando a visibilidade e o alcance do seu site.

5. Utilize redirecionamentos 301

Ao fazer alterações nas URLs existentes do seu site, como atualizar a estrutura ou fazer alterações em palavras-chave, é importante usar os redirecionamentos 301. Essa é uma instrução permanente que informa aos motores de busca que uma página foi movida para uma nova localização.

A implementação de redirecionamentos 301 garante que os mecanismos de pesquisa e os usuários sejam redirecionados corretamente para uma nova URL. Isso preserva a autoridade da página anterior e evita que os usuários encontrem links quebrados ou páginas ausentes.

6. Evite caracteres especiais e letras maiúsculas

Ao criar URLs amigáveis aos motores de busca, evite o uso de caracteres especiais, como sinais de exclamação, asteriscos ou pontos de interrogação. Além disso, é recomendável manter todas as letras em minúsculo.

Os motores de busca são sensíveis a maiúsculas e minúsculas, portanto, URLs consistentemente em minúsculas evitam a confusão e possíveis erros de digitação. Ao eliminar caracteres especiais e manter letras minúsculas, você garante que suas URLs sejam legíveis, fáceis de digitar e compatíveis com diferentes sistemas e navegadores.

Por exemplo, em uma loja virtual de materiais de embalagem, como “Embalagens Rápidas”, ao oferecer uma variedade de soluções, como “envelopes Kraft”, é essencial criar URLs amigáveis que facilitem a localização dos produtos pelos usuários e também pelos mecanismos de busca. Evitar caracteres especiais e manter as letras em minúsculo pode ser observado em URLs como “embalagensrapidas.com/envelopeskraft”, tornando a navegação mais simples e evitando problemas de compatibilidade com diferentes navegadores. Assim, clientes em busca de “envelopes Kraft” terão uma experiência mais fluida e eficiente ao encontrar exatamente o que desejam no site da loja.

Conclusão

A otimização de URLs é uma parte essencial de qualquer estratégia eficaz de SEO. Ao criar URLs amigáveis aos motores de busca, você melhora a visibilidade do seu site, aumenta a experiência do usuário e contribui para uma classificação mais alta nos resultados de pesquisa.

Lembre-se de manter suas URLs simples, descritivas e curtas, usando hifens para separar palavras. Evite parâmetros desnecessários e crie uma estrutura hierárquica clara. Utilize redirecionamentos 301 ao fazer alterações nas URLs existentes e evite o uso de caracteres especiais e letras maiúsculas.

Ao implementar essas melhores práticas de otimização de URLs, você estará no caminho certo para melhorar a visibilidade do seu site nos motores de busca, atrair mais tráfego orgânico e oferecer uma experiência de usuário superior.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

© 2024 Agência SmartSEO. Todos os Direitos Reservados.